terça-feira, 23 de setembro de 2014

Igreja: mais hospital, menos tribunal


               Uma pessoa estava conversando com um amigo que não tinha muitas coisas boas a dizer sobre a fé cristã. Ele sabia que se soasse muito “religioso,” estragaria qualquer oportunidade de testemunhar. Sendo assim, no meio da discussão entre eles, o rapaz disse para essa pessoa: “—Você sabe qual é o destino dos pecadores?”.


“—Esta é fácil”, respondeu ele, “você vai me dizer que o destino deles é o inferno.”.


“—Não”, disse o rapaz. “—Eles vão à igreja.”


               O caro cidadão ficou sem fala. Esta não era a resposta que esperava, pois não estava pronto para ouvir de um cristão que ele mesmo não era perfeito. O rapaz que levantou a questão então teve a chance de compartilhar que os cristãos entendem a sua pecaminosidade e a necessidade de contínua restauração espiritual. Ele pode explicar sobre a graça — o favor imerecido que recebemos de Deus apesar dos nossos pecados.

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Logo muito mais agora, tendo sido justificados pelo seu sangue, seremos por ele salvos da ira" (Romanos 5.8-9). 

"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie" (Efésios 2.8-9).


Talvez não damos aos que estão fora da igreja uma imagem clara do que acontece em seu interior (não sei dizer, mediante a situação que as igrejas se encontram atualmente, se isso é bom ou ruim). Eles podem não entender que estamos lá para louvar o nosso Salvador por nos dar “… a redenção, a remissão, dos pecados” (Colossenses 1.14).


Sim, os pecadores vão à igreja. Devemos estar atentos para não falharmos com a verdadeira função que recebemos: compartilhar o amor de Deus e a salvação através de Seu filho Jesus Cristo...  E os pecadores perdoados vão para o céu por causa da graça de Deus.


A igreja é um hospital para os pecadores, não um clube para "santos".



Nenhum comentário:

Postar um comentário